“Hagakure” significa “na sombra das folhas” ou “escondido na folhagem”. É um guia prático e espiritual para os guerreiros japoneses, também conhecido como “O Livro do Samurai”.

 

O jogo Hagakure é feito para 3-5 jogadores, e o objetivo é marcar mais pontos do que qualquer outro jogador. O baralho consiste em trinta cartas, que são:

 

– aldeões numerados de 1 a 17;

– samurais numerados de 18 a 27;

– três “velhos tolos” que não têm números.

 

As cartas em jogo variam de acordo com o número de jogadores.

 

No início de cada rodada, distribua 4-5 cartas para cada jogador e, em seguida, coloque as 4-5 cartas restantes formando a pilha Yomi. 

Cada jogador começa com cinco tokens “Nobori”, cada um deles possui um poder especial, e um jogador pode escolher jogar exatamente um desses tokens após olhar suas cartas. Esses tokens permitem a você olhar a mão de outro jogador, trocar sua mão com as cartas da Yomi, dobrar seus pontos, etc.

 

O primeiro jogador joga uma carta de sua mão, então cada jogador segue. A carta mais alta jogada vence a rodada e leva para a próxima rodada. Se um Samurai (uma carta vermelha) for jogado, então cada um dos outros jogadores deve jogar um Samurai, se possível. Caso contrário, o jogo não tem jogadas obrigatórias. Um “velho tolo” jogado sozinho não vale a pena, mas se um segundo ou terceiro “velho tolo” for jogado numa rodada, então o último jogador a jogá-lo ganha a rodada.

 

Os jogadores ganham 1 ponto para cada rodada ganha, e 1 ponto por capturar outras cartas. Um jogador que não venceu nenhuma rodada perde 2 pontos. Após 5-9 rodadas, dependendo do número de jogadores, quem tiver mais pontos vence o jogo!

Hagakure

R$139,00
Hagakure R$139,00
Sucesso! Você tem frete grátis
Frete grátis a partir de R$249,00
Entregas para o CEP:

Frete grátis a partir de R$249,00

“Hagakure” significa “na sombra das folhas” ou “escondido na folhagem”. É um guia prático e espiritual para os guerreiros japoneses, também conhecido como “O Livro do Samurai”.

 

O jogo Hagakure é feito para 3-5 jogadores, e o objetivo é marcar mais pontos do que qualquer outro jogador. O baralho consiste em trinta cartas, que são:

 

– aldeões numerados de 1 a 17;

– samurais numerados de 18 a 27;

– três “velhos tolos” que não têm números.

 

As cartas em jogo variam de acordo com o número de jogadores.

 

No início de cada rodada, distribua 4-5 cartas para cada jogador e, em seguida, coloque as 4-5 cartas restantes formando a pilha Yomi. 

Cada jogador começa com cinco tokens “Nobori”, cada um deles possui um poder especial, e um jogador pode escolher jogar exatamente um desses tokens após olhar suas cartas. Esses tokens permitem a você olhar a mão de outro jogador, trocar sua mão com as cartas da Yomi, dobrar seus pontos, etc.

 

O primeiro jogador joga uma carta de sua mão, então cada jogador segue. A carta mais alta jogada vence a rodada e leva para a próxima rodada. Se um Samurai (uma carta vermelha) for jogado, então cada um dos outros jogadores deve jogar um Samurai, se possível. Caso contrário, o jogo não tem jogadas obrigatórias. Um “velho tolo” jogado sozinho não vale a pena, mas se um segundo ou terceiro “velho tolo” for jogado numa rodada, então o último jogador a jogá-lo ganha a rodada.

 

Os jogadores ganham 1 ponto para cada rodada ganha, e 1 ponto por capturar outras cartas. Um jogador que não venceu nenhuma rodada perde 2 pontos. Após 5-9 rodadas, dependendo do número de jogadores, quem tiver mais pontos vence o jogo!